Guias e Portais

Matérias » Moda Noiva

Vestido de noiva retrô, romântico e sensual

Nas passarelas, nas ruas, no cinema, na vitrine e, sim, na igreja. Ele está em todos os lugares. O retrô é o queridinho da vez, inclusive entre as noivas.
 
Que atire o primeiro casquete quem nunca suspirou ao ver um vestido de divas como Audrey Hepburn, Grace Kelly e Jacqueline Kennedy Onassis. Ou ao assistir a cenas de filmes como O Grande Gatsby, Bonequinha de Luxo, Casablanca ou ainda o recente Meia-Noite em Paris. Revisitar o passado virou moda. Nas décadas de 1920, 30, 40 e 50 parece residir um glamour irresistível, que toda mulher deseja incorporar ao guarda-roupa. Ainda mais se o look em questão for o sonhado vestido de noiva.
 
2.jpg
 
Foi na década de 1920 que a moda elegante criada pela estilista Coco Chanel ganhou o mundo. Nessa época, outro aliado serviu para reforçar o glamour: o cinematógrafo. Observando as atrizes de Hollywood, as mulheres passaram a copiar roupas, acessórios e cortes de cabelo. O cinema virou um lançador de tendências e, entre 1920 e 1950, o conceito de glamour foi lapidado e reforçado nas telas. 
 
A busca pela história de amor perfeita continua motivando mulheres no mundo todo. Seduzidas pela dupla ‘sensualidade e romantismo’, as atrizes Anne Hathaway e Natalie Portman e a top Kate Moss optaram pelo retrô em seus vestidos de noiva. Mas cuidado: ao pegar “emprestada” essa sofisticação do passado, é preciso atualizar o look para evitar que pareça datado.  Anne Hathaway, apostou no acessório de cabeça de inspiração vintage, criado por Valentino. Em seu modelito da grife Rodarte, Natalie Portman recorreu à cintura marcada e ao comprimento na altura do tornozelo que foram sucesso nos anos 1950. Kate Moss soube atualizar o retrô como poucas. Favorecida por sua silhueta longilínea, optou por um vestido de corte reto do estilista John Galliano, pontuado pela ousadia das transparências e pelo brilho de cristais e pae­tês, mas com direito ao charme vintage da mantilha bordada.
 
3.jpg
 
Os designers concordam que não é preciso que o look seja inteiramente retrô. Vale usar casquetes e voilettes e até um sapato vintage. Outra dica é prestar atenção à modelagem e avaliar se ela valoriza o seu tipo físico. 
 
Se você pretende usar a magia do retrô em seu vestido de noiva, a primeira regra é identificar-se com o estilo. Em segundo lugar, modernize o shape.  E nada de decotes ou fendas muito ousados. Afinal, o retrô celebra uma época em que o corpo da mulher não era revelado, apenas imaginado.
 
O passado realmente tem um glamour especial. Mas, há 100 anos, as mulheres não podiam escolher com quem se casariam ou com que roupa. Então, use com sabedoria a sua liberdade de escolha. Afinal, a ordem é viver, no presente, seu sonho com toda intensidade que ele merece. 
 
Veja alguns modelos, na nossa galeria: